$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: CONCATENAÇÃO ESTATÍSTICA DE DADOS E AFILIAÇÃO ESTOCÁSTICA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): NADIA MARIA COELHO RODRIGUES

Colaborador(es):  REINALDO CASTRO SOUZA - Orientador
KAIZO IWAKAMI BELTRAO - Coorientador
Número do Conteúdo: 18397
Catalogação:  30/09/2011 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=18397@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=18397@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.18397

Resumo:
O emparelhamento estatístico é a técnica de combinar informações de duas ou mais fontes de dados, possivelmente de pesquisas independentes, que possuam um subconjunto comum de variáveis, para produzir uma informação mais abrangente e coerente, em um arquivo de dados síntese, onde as variáveis observadas nas diferentes amostras são gravadas conjuntamente. Métodos computacionalmente intensivos viabilizam novas formas de emparelhamento estatístico. Em um estudo de simulação, um único arquivo de dados da PNAD é dividido em duas bases de dados para emular um caso de amostragem matricial. Esses dois arquivos são emparelhados estatisticamente utilizando quatro metodologias, e os resultados das mesmas são comparados com as do arquivo único original. A CIA (conditional independence assumption) não parece ser válida. Para evitar a suposição de independência condicional (CIA), os três métodos de emparelhamento estatístico desenvolvidos são baseados na hipótese do relacionamento teórico de afiliação estocástica entre as variáveis contínuas renda e aluguel, e dois deles usam também a informação de resíduos. Os métodos são comparados entre si e com o método clássico, que se baseia na suposição de independência condicional – CIA. Em uma abordagem não-paramétrica, com um objetivo micro, os métodos de emparelhamento estatístico propostos são irrestritos, e realizam-se em classes, definidas pela variável de número de cômodos. Usam um procedimento distance hot deck, além de adicionar os resíduos supostos conhecidos. Esse estudo investiga os resultados de viés e do EQM, dos quatro métodos, investigando a preservação da correlação original entre renda e aluguel.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
CAPÍTULO 7  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E APÊNDICES  PDF
Logo maxwell Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui