INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: UM ESTUDO SOBRE O CONTROLE DOS ENSAIOS DE COMPRESSÃO EM ROCHAS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): MARCELO SANTANA MALTA

Colaborador(es):  EURIPEDES DO AMARAL VARGAS JUNIOR - Orientador
JAIME TUPIASSU PINHO DE CASTRO - Orientador
Número do Conteúdo: 1802
Catalogação:  08/08/2001 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=1802@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=1802@2
Referência [es]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=1802@4
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.1802

Resumo:
Recentemente alguns estudos, especialmente em rochas, vêm considerando a região pós-pico da curva tensão x deformação visto o grande número de situações que ocorrem na prática, como as deformações pós-ruptura de pilares de minas e túneis. A dificuldade desses estudos está no fato das amostras se mostrarem em um estado intrinsecamente instável nesta região. Para controlar a ruptura das amostras após as mesmas atingirem suas resistências máximas é usado atualmente máquinas servo-controladas. Ocorre que mesmo nessas máquinas, alguns materiais que possuem comportamento tipo Classe II, a velocidade em que se propagam as fissuras é tão alta que o sistema de controle não consegue receber a tempo o sinal de realimentação e a amostra acaba rompendo sem o controle adequado. Assim os tradicionais métodos de controle, como carga e deformação constante,deixam espaço para o surgimento de técnicas alternativas que se mostram mais eficazes no controle do pós-pico de rochas. Dentre essas técnicas, está a da combinação linear de tensão e deformação e que será usada neste trabalho para controlar o pós-pico de rochas (leptinitos) e argamassas numa máquina de testes servo- controlada pouco rígida. Este fato é de grande valia pois com este controle alternativo é possível controlar um material Classe II, material este que, na maioria das situações práticas em que se deseja obter a porção pós- ruptura da sua curva tensão x deformação, a máquina de ensaios usada deve ter uma rigidez bem elevada. Ao longo do trabalho são discutidos também todos os problemas envolvidos num ensaio de compressão simples e aqueles intimamente ligados a região do pós-pico.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMOS, ABSTRACT, SUMÁRIO, LIST. FIG, LIST. SÍMBOLOS, LIST. TABEL, CAP.I,2,3  PDF  
CAPÍTULO 4  PDF  
CAP.5, REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, APÊNDICE A, B  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui