INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: EGRESSOS DA FAZENDA DA ESPERANÇA DE MANAUS: RECAÍDA, POR QUE?
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): MARIA IZOLDA DE OLIVEIRA BARRETO

Colaborador(es):  ILDA LOPES RODRIGUES DA SILVA - Orientador
Catalogação:  11/07/2011 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=17808@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=17808@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.17808

Resumo:
A presente pesquisa parte de uma experiência prévia construída na unidade masculina da Fazenda da Esperança – FE de Manaus, comunidade terapêutica que trabalha na recuperação de dependentes de substâncias psicoativas. Foi com base nessa experiência que se buscou o entendimento de questões que se tornaram relevantes por interferir diretamente na vida dos egressos da FE e dos seus familiares: a recaída. O objetivo deste trabalho foi compreender os motivos que levam o egresso da Fazenda da Esperança a retornar ao uso abusivo de drogas. Para o desenvolvimento do estudo utilizou-se a pesquisa de natureza qualitativa através da qual foram lidos os prontuários dos egressos do período 2005-2008 e realizadas entrevistas semi-estruturadas com egressos e membros das suas respectivas famílias. O material coletado subsidiou a elaboração do perfil do egresso entrevistado e de sua família, como também permitiu conhecer a trajetória do mesmo desde a sua internação até seu retorno à família, posterior recaída e a volta à sobriedade. Participaram do estudo: cinco egressos e seis familiares. Os resultados da pesquisa referem: que não houve a implicação direta da família no processo de recaída do seu adicto; que a recaída fez parte do processo de recuperação e que para alguns adictos ela se fez necessária; que a recaída dos entrevistados foi ocasionada pela falta de cuidados que a sobriedade requer; que há um confronto da vida que vivenciaram na FE com a vida que encontram na sociedade; que a família é a maior referência para o seu adicto e que a sua participação em todas as etapas do processo de recuperação do seu parente é fundamental e imprescindível.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui