$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: FATORES QUE CONTRIBUEM PARA A CONSTRUÇÃO DO CONTRATO PSICOLÓGICO: ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA ESTATAL
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): GABRIELA BACELAR DE ABREU MILHOMEM

Colaborador(es):  ANA HELOISA DA COSTA LEMOS - Orientador
Número do Conteúdo: 16488
Catalogação:  21/10/2010 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=16488@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=16488@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.16488

Resumo:
O presente trabalho procurou identificar os fatores que predominam no processo de construção do contrato psicológico dos indivíduos com as organizações. A proposta de utilização da teoria do contrato psicológico deveu-se ao pressuposto de que este modelo permitiria reconhecer fatores explícitos ou implícitos que caracterizavam a relação entre a organização e o próprio indivíduo, seja na elaboração do contrato ou mesmo na quebra das expectativas dos novos empregados. Optou-se por desenvolver estudo de caso qualitativo com características exploratórias. A organização selecionada foi uma empresa estatal federal brasileira com sede no Rio de Janeiro que, no período de janeiro de 2008 a junho de 2009, renovou cerca de 37% do seu quadro de pessoal efetivo, com a contratação de mais de 600 empregados. A estratégia adotada para a coleta de dados teve por base questionários semi-estruturados e entrevistas coletivas com empregados de várias formações de nível superior, visando identificar os principais motivos que estimularam a entrada dos mesmos na estatal e como suas experiências e maneiras de pensar influenciam sua relação com a organização. Os resultados confirmaram algumas crenças correntes a respeito da motivação dos indivíduos para optarem por um emprego estatal, destacando-se entre elas a busca por uma situação de maior estabilidade, principalmente para aqueles acima de uma determinada faixa etária, aliada à possibilidade de um melhor gerenciamento da qualidade de vida. Embora os resultados conduzam à percepção de uma imagem positiva do setor público e uma relação de reciprocidade entre o indivíduo e a organização, eles ainda acreditam que há necessidade de melhorias em relação às oportunidades concretas de crescimento profissional e ao sistema de avaliação de gestão por competências, fatores estes que, principalmente, para os indivíduos mais jovens podem acarretar o rompimento do contrato psicológico.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXO  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui