INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: ESTUDOS DE HISTORIOGRAFIA LITERÁRIA NA ABRALIC (1988-2006): UMA CARTOGRAFIA CRÍTICA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ERIKA KELMER MATHIAS

Colaborador(es):  HEIDRUN FRIEDEL KRIEGER OLINTO DE OLIVEIRA - Orientador
Número do Conteúdo: 16471
Catalogação:  14/10/2010 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=16471@1
Referência [fr]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=16471@3
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.16471

Resumo:
A presente tese, intitulada Estudos de historiografia literária na ABRALIC (1988-2006): uma cartografia crítica, tem como proposta central realizar uma avaliação crítica dos trabalhos publicados nos Anais da Associação Brasileira de Literatura Comparada (ABRALIC) desde sua fundação em 1988 até 2006, cobrindo, assim, um intervalo temporal de duas décadas. Seu intuito específico entende-se como mapeamento de pressupostos teóricos, epistemológicos, estéticos e políticos que orientam os estudos científicos dedicados à historiografia literária por pesquisadores que participam desse evento acadêmico bianual no Brasil, o que engendra o esboço de uma cartografia indicativa de algumas tendências preferenciais - e sua variações - seja em termos de tópicos temáticos, seja em sua configuração. Esta investigação fundamenta-se em perspectivas empíricas e sistêmicas nos estudos de literatura, encontrando igualmente apoio em análises quantitativas das manifestações dos trabalhos. A identificação básica de dez acentos distintos, com a ajuda de modelos de análise estatística, permitiu agrupar os diferentes ensaios de historiografia literária nas seguintes categorias: Aspectos teórico-conceituais, Prática de escrita historiográfica, Romance Histórico, Memória, Abordagem bibliográfica, História e literatura, História e ensino, História e outro setor, Genealogia e Catalogação, dedicando um espaço nomeado Outros aspectos para trabalhos isolados que não permitem uma generalização. As variações de ênfase sobre os projetos historiográficos, tornadas visíveis em sua dimensão diacrônica nos gráficos estatísticos elaborados, lançam uma luz reveladora sobre as tendências básicas dos projetos historiográficos na literatura. A leitura desses dados permite perceber, assim, além de um crescente interesse na discussão dos próprios modelos adequados à formação de uma historiografia e de novos temas na área em questão, como essas novas propostas se manifestam, no que diz respeito ao interesse dos pesquisadores, ao longo dessas duas décadas.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, RÉSUMÉ, SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui