INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: O EROTISMO NA POESIA DE MURILO MENDES
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ANTONIO CARLOS PEREIRA

Colaborador(es):  GILBERTO MENDONCA TELES - Orientador
Número do Conteúdo: 16039
Catalogação:  29/07/2010 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=16039@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=16039@2
Referência [fr]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=16039@3
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.16039

Resumo:
Para refletir sobre O erotismo na poesia de Murilo Mendes, flagrante na sua obra Poesia completa e prosa, este trabalho busca a distinção entre sensualidade, erotismo, amor e religiosidade (o sagrado e o profano). Detecta-se, em quaisquer leituras que se relacionem à sua obra, o vínculo entre erotismo, poesia e religiosidade. Destaca nos textos analisados a presença da mulher: as sensuais, as fatais, as misteriosas, as pitorescas, as espiritualizadas, as quais, desencadeando a conduta erótica do eu lírico, constitui-se em elementos que regem a poesia de Murilo. Movido pelo amor, desejo, paixão, sensualidade, religiosidade, solidariedade e senso de justiça, o poeta ramifica o erotismo em seus versos e transita dos prazeres da carne aos prazeres do espírito. A análise desenvolvida mostra que sua poesia é inebriada pelos sonhos, que excitam a energia libidinosa encontrada em seus versos, concretizada por meio de uma linguagem erotizada ou pela exposição de partes sensuais do corpo da mulher, que ganham relevo no olhar subjetivo do poeta. Um olhar que se estende para a contemplação erótica do mundo. Das formas femininas emergem mulheres com características surrealistas: sólidas ou insólidas, visíveis ou invisíveis, as quais entrecruzam seus versos desde a construção de seu primeiro livro, Poemas. Merecem destaque, ainda, os escritos memorialísticos A idade do serrote, essenciais para se compreenderem a formação intelectual do autor e a influência dessa formação em sua arquitetura poética. Ao conciliar elementos opostos Murilo, eclético, se distingue dos demais poetas do Modernismo brasileiro.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, RÉSUMÉ, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui