$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: FAZER OU COMPRAR: UMA ANÁLISE SOB A PERSPECTIVA DAS TEORIAS DA ECONOMIA DOS CUSTOS DE TRANSAÇÃO E DA VISÃO BASEADA NOS RECURSOS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LINCOLN WOLF DE ALMEIDA NEVES

Colaborador(es):  SILVIO HAMACHER - Orientador
Número do Conteúdo: 15503
Catalogação:  20/04/2010 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=15503@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=15503@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.15503

Resumo:
As firmas enfrentam hoje um cenário altamente volátil e competitivo e muito mais complexo que 10 ou 20 anos atrás. Para enfrentar este cenário, as firmas têm usado a terceirização de atividades da sua cadeia de valores para reduzir custos, melhorar o desempenho e manter o foco nas atividades que propiciam vantagens competitivas. As teorias da Economia dos Custos de Transação (TCE) e Visão Baseada em Recursos (RBV) têm sido usadas nos estudos sobre fazer ou comprar (terceirização). Na TCE, o foco da questão são as transações internas da firma e desta com o mercado, analisando as dimensões de risco, ativos idiossincráticos e freqüência de trocas. Na RBV, o centro da questão está associado aos recursos que compõem a firma, analisando os atributos desses em relação à vantagem competitiva e desempenho comparado com o mercado. O objetivo central desta tese é compreender o porquê das firmas terceirizarem atividades da sua cadeia de valores. Para este fim, uma extensa revisão das teorias TCE e RBV foi feita, com o foco de aprofundar a compreensão das questões relacionadas com a terceirização. A pesquisa examina o entendimento de seis firmas da indústria de café solúvel em relação aos fundamentos dos processos de terceirização. A pesquisa foi qualitativa, através de múltiplos estudos de casos, onde entrevistas com altos executivos das firmas foram realizadas para elucidar e avaliar os casos. A indústria de café solúvel foi escolhida pela disponibilidade de acesso aos seus dados e integrantes, bem como pelo uso da terceirização em todas as firmas. Nos casos, buscou-se observar as vantagens competitivas particulares, os motivadores e variáveis das terceirizações e quais atividades foram terceirizadas. Na análise dos casos foi encontrado que quanto maior o risco que envolve a transação, maior a tendência das firmas internalizarem atividades. Competências internas fracas aumentam a probabilidade de terceirização, enquanto que quanto maior a possibilidade de vazamento de conhecimento estratégico proprietário, menor a probabilidade de terceirização. Esta tese afirma que as teorias TCE e RBV devem ser usadas de forma conjunta para determinar as fronteiras de uma firma, fundamentando a análise se uma atividade deve ser terceirizada ou mantida internamente. Adicionalmente, este trabalho sustenta que os custos de oportunidade são relevantes para a definição da terceirização de atividades e devem ser comparados aos custos de transação.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E APÊNDICES  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui