INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: ENTRE O MAR E A METRÓPOLE: DESENVOLVIMENTO, TERRITÓRIO E IDENTIDADE DA COMUNIDADE DE PESCADORES DE COPACABANA, RIO DE JANEIRO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LETICIA DE CARVALHO GIANNELLA

Colaborador(es):  DENISE PINI ROSALEM DA FONSECA - Orientador
ROGERIO RIBEIRO DE OLIVEIRA - Coorientador
Número do Conteúdo: 15049
Catalogação:  26/01/2010 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=15049@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=15049@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.15049

Resumo:
Este trabalho busca compreender os fatores que permitem a sobrevivência de uma comunidade tradicional em meio aos processos de metropolização de uma cidade. Procuramos descrever os processos que dificultam tal sobrevivência, bem como as múltiplas intencionalidades envolvidas neste tipo de reprodução social cujo resultado é, muitas vezes, contraditório. Nosso objetivo é contribuir para o entendimento de processos atuais aparentemente conflitantes, mas que, se investigados com profundidade, passam a ser vistos como peças de um jogo dominante cuja principal finalidade é reproduzir a si próprio. O texto está organizado em três capítulos. O primeiro discute a idéia de comunidade e tradição nos tempos atuais, focando no papel social que tais categorias podem representar. Partimos da idéia de Manuel Castells que afirma ser a formação de comunidades a partir da construção de identidades de resistência o ponto de partida para mudanças estruturais. O segundo capítulo trata da questão do desenvolvimento tomado como sinônimo de modernização e ocidentalização e que orienta uma lógica homogeneizadora das cidades que desconsidera as possibilidades reais de transformação social a partir de desenvolvimentos endógenos e autônomos. Baseamos nosso pensamento nos autores João Rua e Marcelo Lopes de Souza. Por último, o capítulo três retoma o potencial transformador da vivência da multiterritorialidade baseada em múltiplas identidades. Neste sentido, trabalhamos com Rogério Haesbaert, Marcos Saquet e Denise Fonseca. A pesquisa empírica toma como estudo de caso a comunidade de pescadores de Copacabana, situada no Rio de Janeiro, e a metodologia empregada compreendeu entrevistas e observações de campo, bem como pesquisas em arquivos pessoais e institucionais sobre a comunidade e a expansão urbana do bairro de Copacabana.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui