$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: RUPTURE AND PERMANENCE: THE ANTILIBERAL TENDENCIES OF UDENISM
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JORGE GOMES DE SOUZA CHALOUB

Colaborador(es):  GISELE GUIMARAES CITTADINO - Orientador
Número do Conteúdo: 15042
Catalogação:  25/01/2010 Idioma(s):  PORTUGUESE - BRAZIL

Tipo:  TEXT Subtipo:  THESIS
Natureza:  SCHOLARLY PUBLICATION
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=15042@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=15042@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.15042

Resumo:
Udenism doesn’t finish in UDN. It isn’t just a party ideology, but an ensemble of political practices and beliefs, who has strongly determined a certain party acts and ideas, but not just that. Only referring to UDN this amount of practices and ideas becomes a define ideology, nevertheless their consequences certainly surpass it. In fact, it’s an ideology trespass by profound ambiguities, bigger than the traditional division between theory and practice. Beyond the conjunction between authoritarian practices and liberal discourse, udenist’s actors reveal conflicts in their acts’ core, and contradictory theoretical beliefs. This work looks for some reasons of those conflicts, based at udenism insertion in Brazilian political thought tradition. Determined by different influences, udenism reveals itself as an ideology divided, who utilizes its great opponent arguments, Vargas’s instrumental authoritharism, as its main political practice. Ambiguity isn’t only accidental, it defines the udenism’s core. This work aims to define not only the authoritarian concept’s use, identified with a certain first Republic tradition, but also to investigate such practices’ motives and consequences, vital task for a adequate view of Brazilian’s politics between 1946-1964.

Descrição Arquivo
COVER, ACKNOWLEDGEMENTS, RESUMO, ABSTRACT AND SUMMARY  PDF
CHAPTER 1  PDF
CHAPTER 2  PDF
CHAPTER 3  PDF
CHAPTER 4  PDF
CHAPTER 5  PDF
REFERENCES  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui