INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA EM UMA ESCOLA NA CONTEMPORANEIDADE: O MANUSCRITO, O IMPRESSO E O DIGITAL
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ANA MARIA BASTOS LOUREIRO

Colaborador(es):  MARIA INES G F MARCONDES DE SOUZA - Orientador
Número do Conteúdo: 14326
Catalogação:  06/10/2009 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE      trabalho premiado
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=14326@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=14326@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.14326

Resumo:
Esta tese objetivou descrever as práticas leitoras e escritoras de professores e estudantes do Ensino Médio de uma escola da rede particular de ensino localizada na zona sul da cidade do Rio de Janeiro, tendo como pano de fundo o mundo contemporâneo com seus desafios e demandas, assim como as implicações dele decorrentes na educação e, especificamente, na escola. As práticas, sejam elas sociais, políticas, culturais ou escolares, só têm importância na medida em que produzem sentido, o sentido que lhes atribuem os sujeitos que delas se apropriam, gerando diferentes interpretações. As questões que permearam o percurso da pesquisa buscaram descobrir os significados que emergiram dessas práticas, as representações produzidas por elas, e como essas práticas foram construídas histórica e socialmente. Nesse sentido, optei por uma pesquisa qualitativa de cunho etnográfico como abordagem teórico-metedológica em que observação participante e entrevistas semi-estruturadas se impuseram como principais ferramentas. É mister perceber que as questões apresentadas interessam tanto à História Cultural, a história das práticas de leitura e escrita, quanto à Antropologia. Outras questões emergiram no bojo da análise dessas práticas quanto à percepção da escola nos dias atuais, principalmente no que concerne às novas formas de pensar e conceber o conhecimento diante dos avanços das novas tecnologias, e a como situá-la, assim como seus sujeitos, diante das exigências do mundo contemporâneo. Como esses atores se comportam frente aos recursos disponibilizados na era digital, como utilizam as ferramentas dessa rede mundial de comunicação e informação e o que pensam dessa revolução tecnológica que nos coloca diante do novo e do imprevisto foram também questões postas neste trabalho de pesquisa.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
CAPÍTULO 7  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui