INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: FOCALIZANDO O TRAUMA SOB AS LENTES DA CLÍNICA COM POLICIAIS MILITARES
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): SILVIA LIRA STACCIOLI CASTRO

Colaborador(es):  ANA MARIA DE TOLEDO PIZA RUDGE - Orientador
Número do Conteúdo: 13743
Catalogação:  08/06/2009 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=13743@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=13743@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.13743

Resumo:
A tese tem o objetivo de desenvolver um estudo acerca do trauma e de seus efeitos sob uma perspectiva dinâmica e não meramente econômica, como tem sido o caso de muitos estudos no campo da psicanálise até os dias de hoje, tendo como referência a observação clínica de atendimentos psicanalíticos prestados a policiais militares na cidade do Rio de Janeiro. Assim, além das noções de Schreck (susto) e de excesso de estímulo pulsional apresentados por Freud em 1920 para explicar o trauma a partir de uma invasão energética do aparato psíquico, incluiremos nesta pesquisa o papel do supereu, cuja imposição de gozo – masoquista – a serviço da pulsão de morte pode levar à compulsão à repetição do trauma. O trauma, que deve ser entendido como um esfacelamento das fantasias sexuais, faz com que as referências subjetivas estruturantes caiam por terra, processo que leva à sensação de aniquilamento psíquico, daí a idéia de que resta um corpo estranho no psiquismo. Identificado com o morto, o que gera um estado depressivo que ameaça a sobrevivência do sujeito traumatizado, ele pode se encontrar num estado melancólico ou até num estado paranóico, sem que seja um psicótico; visto que a ação superegóica de castigar e espezinhar o eu, que pode inclusive levá-lo a completar a ação não finalizada (morte), pode ser atribuída a um Outro (perseguidor), quando em realidade, esta ameaça é interna, como será mostrado em alguns casos clínicos.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui