INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: DO INGLÊS L1 AO PORTUGUÊS L3 PASSANDO PELO ESPANHOL L2: TRANSFERÊNCIAS EM REGÊNCIA/TRANSITIVIDADE VERBAL, COM FOCO NAS PREPOSIÇÕES
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): RENATA DE OLIVEIRA RAZUK

Colaborador(es):  ENEIDA DO REGO MONTEIRO BOMFIM - Orientador
ROSA MARINA DE BRITO MEYER - Coorientador
Número do Conteúdo: 12976
Catalogação:  26/01/2009 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=12976@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=12976@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.12976

Resumo:
Do Inglês L1 ao Português L3 passando pelo Espanhol L2: transferências em regência/transitividade verbal, com foco nas preposições transita por temas pouco explorados - não só pela combinação de línguas adotada, como também pela especificidade do fenômeno analisado e pelo tópico gramatical escolhido -, contribuindo para o desenvolvimento de uma área de pesquisa extremamente recente e promissora: a aquisição de terceira língua. Os estudos em AL3 ainda estão muito tímidos na América Latina, mas prementes no Brasil, por conta da crescente vinda de norte-americanos (IL1) já falantes do espanhol (EL2), querendo aprender o português (PL3). É nesse contexto que se faz relevante estudar como as línguas anteriormente aprendidas influenciam a aquisição de uma terceira língua. Esta tese perpassa os estudos contrastivos entre as três línguas em foco, mormente as transferências entre elas; o relativismo linguístico moderado; a corrente funcionalista; conceitos modernos de transitividade, sobretudo a GV; a Análise de Erros (Análise de Transferências); definições de bilinguismo e multilinguismo; e os fatores de influência em AL3. Tudo isso levando-se em conta que o processo de aquisição de terceira língua é mais complexo do que o de segunda. Utilizando-se alguns instrumentos metodológicos - questionários, redações e atividades elucidativas -, foram selecionados os informantes da pesquisa, diagnosticados os problemas mais comuns causados pelas transferências do inglês (L1) e do espanhol (L2) no português (L3) e confrontados os resultados com a hipótese formulada. Verificou-se que quanto maior o domínio na língua espanhola, maior também a sua influência no português, ao mesmo tempo em que diminuem as influências do inglês e aumentam as neutralizações das suas interferências. Contudo, não se pode dizer que a competência no espanhol é determinante para que a L2 seja mais utilizada que a L1 como base de transferências, vez que os índices de incidência do inglês continuam altos mesmo nos alunos com maior domínio daquela língua. Apesar de o espanhol ter alguns fatores a seu favor: maior proximidade tipológica com a L3, o status de LE e o efeito de última língua aprendida; vale destacar essa prevalência da LM, que talvez seja decorrente da escolha da sintaxe como objeto de estudo. Outro objetivo alcançado com a pesquisa foi a formulação de matrizes de transferências que podem auxiliar o professor em sala de aula de PLE. Ciente das diferenças entre as regências, ele é capaz de propor atividades específicas para ajudar esse grupo de alunos a empregar as preposições adequadamente no português, sem incentivá-los a fazer traduções literais - vício bastante encontrado nas gramáticas de português voltadas para o estrangeiro. O presente estudo ainda sugere temas para pesquisas futuras, como, por exemplo, a utilização de outra constelação de línguas ou a mudança do foco da análise mantendo o mesmo perfil de alunos. Pelo ineditismo do tema e dos resultados obtidos, esta tese pretende, em última instância, enriquecer o meio acadêmico colaborando com a descrição do português, não somente como língua estrangeira, mas principalmente como terceira língua.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
CAPÍTULO 7  PDF
CAPÍTULO 8  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui