$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: CONTRA OS EXCESSOS: CONTENÇÃO, EQUILÍBRIO E AMOR NA BOSSA NOVA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): PAULO DA COSTA E SILVA FRANCO DE OLIVEIRA

Colaborador(es):  JOSE CARLOS SOUZA RODRIGUES - Orientador
Número do Conteúdo: 12327
Catalogação:  09/10/2008 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=12327@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=12327@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.12327

Resumo:
Contra os excessos: contenção, equilíbrio e amor na bossa nova analisa a estética comedida que marcou o movimento inaugural da moderna canção brasileira. Utilizando os conceitos da filosofia estética de Nietzsche - presentes, sobretudo, em seu primeiro livro, O Nascimento da Tragédia - os estudos contidos nesta dissertação descrevem a construção do estilo da bossa nova como uma constante luta contra os excessos que assolavam a música brasileira nos anos 1950, e uma constante busca pelo equilíbrio entre termos opostos. São abordados três aspectos principais na construção desse estilo: a nova forma interpretativa de João Gilberto - baseada na busca obsessiva do equilíbrio perfeito entre canto e fala -, o modelo melódico/harmônico de Tom Jobim - que cria um regime de contenção no qual o máximo de expressividade pode ser obtido com o mínimo de recursos - e o conteúdo mais ameno e solar das letras, em contraposição com o estilo rebuscado e carregado em tintas dramáticas que prevalecia nos sambascanções que dominavam o cenário musical. Por sua autoconsciência, despojamento, equilíbrio e serenidade, a bossa nova será definida como um movimento marcadamente apolíneo, embora sempre haja, pelo menos nas melhores realizações, algum traço dionisíaco. Essas qualidades serão decisivas também na formulação de um discurso amoroso coerente com as premissas conceituais dessa nova música, e com as expectativas da classe social e do tempo que a ensejaram. Dessa forma, a poética bossanovista vai se caracterizar por um discurso amoroso mais leve, menos dramático, mais calcado no instante do que no passado, no qual todos os sentimentos, mesmo os tristes, são banhados por uma aura de ternura que os torna gratificantes.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
INTRODUÇÃO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui