INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Formato DC



Título: PROJETO GRÁFICO DE REVISTA FEMININA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ANA BEATRIZ PIRES E A ARDISSONE

Colaborador(es):  VERA MARIA MARSICANO DAMAZIO - TUTOR
LUCY CARLINDA DA ROCHA DE NIEMEYER - Orientador
Número do Conteúdo: 12135
Catalogação:  27/08/2008 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TRABALHO DE FIM DE CURSO
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=12135@1
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.12135

Resumo:
Para escolher o tema do projeto, foi necessário, em primeiro lugar, haver identificação com ele. Por meio de uma conversa com as estudantes do curso de jornalismo Mariana de Oliveira Guimarães, Bruna Gala de Oliveira e Mariana Santos, descobri que haviam feito um projeto de revista feminina e queriam uma designer na equipe. Apesar de nunca ter trabalhado antes com pesquisas editoriais e com revistas, me motivei com a possibilidade de desenvolver um projeto para um o público do qual faço parte e de me deparar com novos conhecimentos na área de design. A Trela, nome dado à revista, abordaria assuntos do cotidiano e da vida de jovens de 18 a 25 anos de centros urbanos. Ainda, criaram o slogan Muito mais do que papo furado mostrando um pouco do que querem com a revista. No mundo das revistas femininas, as estudantes de jornalismo não encontraram nenhuma que atinja completamente estas jovens. A proposta da Trela é lidar com questões que envolvam comportamento de forma descontraída usando imagens que se identifiquem. Para isso, seria necessário pesquisar o repertório visual desse público.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui