INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: MARCAS QUE MARCAM: UM ESTUDO SOBRE A RELAÇÃO EMOCIONAL DAS PESSOAS COM AS MARCAS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JULIA PEIXOTO DE CARVALHO LIMA

Colaborador(es):  VERA MARIA MARSICANO DAMAZIO - Orientador
Número do Conteúdo: 11848
Catalogação:  26/06/2008 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=11848@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=11848@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.11848

Resumo:
Este é um estudo sobre marcas conduzido sob o ponto de vista do Design & Emoção cujo foco recai no contexto de uso e nas razões pelas quais algumas marcas se tornam queridas. O objetivo é investigar de que experiências essas marcas participam, que relações sociais promovem e que sentimentos evocam. Sua condução se deu a partir de um levantamento de depoimentos sobre marcas que marcam que contemplou três etapas: (1) um levantamento em sites e blogs na Internet; (2) conversas presenciais e virtuais com pessoas de diferentes idades e estilos de vida; e (3) uma dinâmica realizada com alunos de design da PUC-Rio. O estudo foi norteado pelo pensamento de autores importantes do campo do Design & Emoção, como o neurocientista António Damásio e o cientista cognitivo Donald Norman. A organização das marcas que marcam foi inspirada na fala dos entrevistados e instruída pelo estudo do psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi e do antropólogo Eugene Rochberg-Halton sobre a relação de afeto das pessoas com seus artefatos domésticos. Algumas dessas categorias foram comentadas à luz do pensamento de autores das Ciências Sociais como Mary Douglas e Claude Lévi-Strauss. Os resultados da investigação confirmam que as marcas participam das ações da vida cotidiana, proporcionam experiências, são elos entre as pessoas e evocam sentimentos de toda ordem. Apontam também que existe uma relação estreita entre essas experiências, os sentimentos evocados e a escolha das marcas que farão parte de nossas vidas. Revelam ainda que, através de algumas marcas, as pessoas constroem suas identidades, regulam suas relações sociais, se diferenciam e se agrupam. O estudo das marcas que marcam pode também contribuir com subsídios para o Design e Emoção, e sua meta não apenas de projetar produtos com foco na promoção de experiências e sentimentos positivos, mas de colaborar para uma sociedade mais responsável e fraterna.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui