$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: O PAPEL DO SENADO FEDERAL NO CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE CONCRETO-DIFUSO: UMA REFLEXÃO SOBRE A RECLAMAÇÃO Nº. 4.335
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): FABIANA CUINAS DUNA

Colaborador(es):  FABIO CARVALHO LEITE - Orientador
Número do Conteúdo: 11529
Catalogação:  10/04/2008 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TRABALHO DE FIM DE CURSO
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=11529@1
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.11529

Resumo:
O presente trabalho busca analisar o papel desempenhado pelo Senado Federal no controle de constitucionalidade concreto- difuso a partir da análise da Reclamação nº. 4.335. A princípio, a declaração incidental de inconstitucionalidade possui efeitos limitados às partes que integraram a lide, não sendo, pois, oponível contra todos, até que o Senado Federal suspenda a execução da norma maculada. Tal entendimento, há muito sedimentado em sede doutrinária e jurisprudencial, deve-se ao disposto no artigo 52, X da Constituição Federal. Ocorre que a utilização de tal dispositivo vem sendo contestada atualmente por uma linha de entendimento, emergida quando do julgamento da referida reclamação, que aduz haver ocorrido no mencionado artigo uma mutação constitucional de modo que a decisão do Supremo Tribunal Federal pela inconstitucionalidade em um caso concreto teria, por si só, efeito erga omnes, independentemente da intervenção daquela Casa do Congresso. Daí a importância do estudo do tema com o intuito de averiguar qual a melhor interpretação a ser conferida ao dispositivo constitucional.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui