INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: COMÉRCIO INTERNACIONAL E DESENVOLVIMENTO HUMANO: OS CASOS DO CHILE E DA VENEZUELA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): EDUARDO PLASTINO CAMPOS

Colaborador(es):  ANDRE DE MELLO E SOUZA - Orientador
Número do Conteúdo: 10409
Catalogação:  24/08/2007 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=10409@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=10409@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.10409

Resumo:
Esta dissertação é um estudo acerca dos efeitos do comércio internacional sobre o bem-estar interno dos países. O trabalho parte da evidência de que há países com estruturas econômicas similares, inclusive um alto grau de abertura econômica, que, no entanto, têm um desempenho muito diferente em seu IDH, utilizado como taxa representativa do bem-estar . São examinados os casos de Chile e Venezuela nos anos 90 e chega-se à conclusão de que, embora em países com uma alta exposição ao comércio exterior este seja em grande parte responsável pela evolução das economias nacionais, a forma como ele se reflete no bem-estar depende da intervenção do Estado, por meio da implementação de políticas públicas. A pesquisa é feita em um enquadramento teórico de Economia Política Internacional (EPI). A proposta de Susan Strange de analisar as questões da EPI em função de diferentes estruturas de poder é aplicada ao nível nacional, e os efeitos do comércio internacional sobre o IDH são examinados como os de uma estrutura do comércio particularmente influente sobre uma estrutura do bem-estar.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui