INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: A SOCIEDADE DE CONSUMO E O NARCISISMO CONTEMPORÂNEO: UM JOGO DE ESPELHOS NUM MUNDO DE POUCOS IDEAIS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LUCIANO SILVA MAIA

Colaborador(es):  CLAUDIA AMORIM GARCIA - Orientador
Número do Conteúdo: 10162
Catalogação:  20/07/2007 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=10162@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=10162@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.10162

Resumo:
Partindo de uma análise introdutória da lógica do consumo fundada nas contribuições das Ciências Sociais, este trabalho desenvolveu a seguir o argumento segundo o qual a sociedade de consumo se beneficia, em grande medida, da permanência no psiquismo de um ideal de onipotência narcísica que aponta para um estado originário de ausência de necessidade, sintetizado na primeira experiência de satisfação. A intenção central deste trabalho foi, portanto, detectar quais os elementos psíquicos responsáveis pela sustentação do arranjo social representado pela sociedade de consumo, a partir de uma discussão das conseqüências subjetivas da constituição do sujeito numa cultura do consumo que, por outro lado, representam apoios psíquicos consistentes com sua manutenção.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui