Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
 
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Lab Remoto aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu


Consulta aos Conteúdos

 

Título: JUSTIÇA PARA A NOVA CRIAÇÃO É ESPERANÇA PARA O MUNDO: JUSTIFICAÇÃO EM JÜRGEN MOLTMANN
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LEVY DA COSTA BASTOS
Colaborador(es): MARIO DE FRANCA MIRANDA - Orientador
Catalogação: 17/01/2005 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Natureza: PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota: Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]: https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=5875@1
Referência [en]: https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=5875@2
Referência DOI: https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.5875
Resumo:
A Justificação é a mais importante das doutrinas das Igrejas oriundas da Reforma evangélica do século XVI. Sua redescoberta decorreu do anseio de Martin Lutero por encontrar um Deus gracioso. Hoje é imprescindível que ela seja rediscutida sob novos pressupostos. Tal releiura deve ocorer em perspectiva libertadora, o que equivale dizer que deve considerar o grito angustiado do homem moderno sedento por justiça como seu critério autenticador. A Justificação deve superar a uma atitude de fé que se mostre passiva ante os desafios da vida. Corretamente experienciada ela deve reverberar-se em atos solidários com todos os que sofrem, em inserção transformadora da realidade histórica. A Justificação é, pois um evento de caráter salvífico que irrompe no coração humano, mas que pela ação dos justificados, expande-se por toda a criação, adquirindo amplitude cósmica. Servindo-se do pensamento teológico de Jürgen Moltmann, esta tese objetiva fundamentalmente resgatar a vitalidade libertadora da experiência da Justificação, e com isto, fecundar a tradição metodista wesleyana brasileira. Na verdade se procurará estabelecer um diálogo entre Moltmann e John Wesley visando a sedimentar a práxis libertadora dos cristãos de tradição wesleyana brasileira, fazendo do Evangelho de Cristo uma oferta de salvação mais plausível para o homem moderno.
Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF  
INTRODUÇÃO  PDF  
CAPÍTULO 1  PDF  
CAPÍTULO 2  PDF  
CAPÍTULO 3  PDF  
CAPÍTULO 4  PDF  
CAPÍTULO 5  PDF  
CONCLUSÃO  PDF  
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF  
<< voltar
Buscas no domínio PUC-Rio