Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
 
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Lab Remoto aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu


Consulta aos Conteúdos

 

Título: UM ESTUDO SOBRE A ESCRAVIDÃO EM SUAS RELAÇÕES COM A HIERARQUIA SOCIAL: HERANÇAS E PARTICULARIDADES DA INSTITUIÇÃO ESCRAVOCRATA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): DIEGO DE SOUZA ARAUJO CAMPOS
Colaborador(es): ROBERTO AUGUSTO DAMATTA - Orientador
SONIA MARIA GIACOMINI - Coorientador
Catalogação: 04/03/2008 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Natureza: PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota: Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]: https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=11408@1
Referência [en]: https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=11408@2
Referência DOI: https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.11408
Resumo:
Nesta dissertação, procurar-se-á compreender a escravidão por meio de análise histórica de sociedades escravocratas para, só então, partir para o caso brasileiro. Elucidar-se-á que a hierarquia social constitui a chave para a compreensão da instituição escravocrata através da História. A análise da escravidão desde a antiguidade bíblica mostra que ao longo do tempo a instituição moldou-se a diferentes culturas e povos, trazendo sempre uma característica basilar: a hierarquia social como legitimadora do controle de algumas pessoas sobre outras. O caso brasileiro não foi diferente, mas com nuanças notórias. No Brasil, paralelamente à hierarquia, o amálgama das três raças permitiu que a miscigenação fosse inserida no código social brasileiro, com fortes ramificações após o fim da sociedade escravocrata. Na sociedade brasileira, fortemente hierarquizada, a mestiçagem serviu para dissolver, ou melhor, aproximar as camadas sociais, mantendo diferenciações originais que são de grau e não de qualidade. Sendo assim, para o melhor entendimento das relações raciais pós - abolição, o estudo das heranças e particularidades da escravidão torna-se substancial.
Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
<< voltar
Buscas no domínio PUC-Rio