Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Notícias aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu
Consulta aos Conteúdos

 

Título: UTILIZAÇÃO DA LÓGICA FUZZY NA META-AVALIAÇÃO: UMA ABORDAGEM ALTERNATIVA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ANA CAROLINA LETICHEVSKY
Colaborador(es): MARLEY MARIA BERNARDES REBUZZI VELLASCO - Orientador
RICARDO TANSCHEIT - Coorientador
Catalogação: 20/04/2006 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Referência [pt]: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=8159@1
Referência [en]: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=8159@2
Resumo:
Assegurar a qualidade de uma avaliação é um grande desafio para os avaliadores. A avaliação de um processo avaliativo denomina-se meta-avaliação. No Brasil já existe uma grande preocupação com a qualidade da avaliação, contudo o conceito de meta-avaliação ainda é uma novidade. Os profissionais discutem quais são os critérios de excelência que uma verdadeira avaliação deve atender tendo como base os padrões definidos pelo Joint Committee on Standards for Educational Evaluation (1994), que estão agrupados em quatro grandes categorias: utilidade, viabilidade, ética e precisão. Este trabalho propõe uma nova metodologia para meta-avaliação utilizando os conceitos de conjuntos fuzzy e da lógica fuzzy. A metodologia é composta por um instrumental de coleta de dados (lista de checagem para meta-avaliação de programas/projetos) e por um sistema de inferência fuzzy hierárquico para o tratamento de dados referentes à metaavaliação de programas/projetos. As principais vantagens de um sistema desse tipo são: (i) a possibilidade de trabalhar com regras lingüísticas; (ii) a utilização de ferramentas adequadas para trabalhar com a imprecisão intrínseca que existe em problemas complexos, como é o caso de processos de meta- avaliação; (iii) a incorporação de conhecimento subjetivo (de especialistas); (iv) a adaptabilidade do processo de inferência a situações específicas. A metodologia ora proposta utiliza um sistema hierárquico composto por trinta e seis bases de regras organizadas em três níveis: padrão (nível 1), categoria (nível 2), e meta-avaliação (nível 3). As principais características da metodologia desenvolvida são: (i) o instrumento de coleta de dados, que permite respostas intermediárias; (ii) a capacidade de adaptação do sistema de inferência fuzzy a necessidades específicas; (iii) a transparência obtida pela utilização de regras lingüísticas, o que facilita a discussão e o entendimento de todo o processo. Acredita-se que esta metodologia facilitará os processos de meta-avaliação. Este estudo pretende ser uma contribuição para a área da avaliação e para a prática da meta-avaliação.
Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF  
CAPÍTULO 1  PDF  
CAPÍTULO 2  PDF  
CAPÍTULO 3  PDF  
CAPÍTULO 4  PDF  
CAPÍTULO 5  PDF  
CAPÍTULO 6  PDF  
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, ANEXOS E APÊNDICES  PDF  
<< voltar