Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Notícias aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu
Consulta aos Conteúdos

 

Título: TRABALHO E DESEMPREGO: UMA TENTATIVA DE ENTENDIMENTO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): CELSO BRAGA WILMER
Colaborador(es): MARIA APPARECIDA C MAMEDE NEVES - Orientador
Catalogação: 24/09/2003 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Referência [pt]: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=3936@1
Referência [en]: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=3936@2
Resumo:
O tema central desta tese refere-se aos aspectos morais da questão do trabalho e do desemprego, procurando articular a inserção do indivíduo em seu contexto social com a sua dimensão interna. O trabalho foi realizado partindo-se de um estudo de campo que investigou, junto a estudantes universitários, os valores e problemas do jovem de hoje, e que apontou essa problemática da sociedade como merecedora de uma tentativa de melhor compreensão na linha da articulação proposta. O diálogo constante com os resultados empíricos - tanto sob a forma de dados quantitativos, quanto de elementos discursivos, oriundos das respostas a questionários e entrevistas - orientou a estruturação teórica na busca de autores cujos conceitos e proposições lançassem luz sobre tais achados de campo. Assim sendo, além do pioneiro estudo científico da moralidade conduzido por Piaget, ponto de partida dessa teorização, outros autores como Smith, Elias, Rawls, Habermas e Lewin iluminaram este caminho da investigação. Além disso, as respostas dos estudantes pesquisados apontaram, também e principalmente, a necessidade de buscar uma estruturação dos termos-chave da pesquisa - cidadania e auto-estima (depois, auto-interesse) - que não apenas fosse compatível com uma interpretação atual de sociedade democrática moderna, mas que, sobretudo, integrasse esses conceitos como contrafaces das relações intersubjetivas do indivíduo/jovem. Desse desafio de integração resultou a proposta de uma conceituação do indivíduo, na linha da psicologia topológica de Kurt Lewin, que, partindo do conceito de representação de si-no-mundo, parece atender a esta tentativa de entendimento da problemática do trabalho/desemprego, bem como servir a futuras abordagens que igualmente procurem articular os âmbitos pessoal e contextual do indivíduo.
Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF  
INTRODUÇÃO  PDF  
CAPÍTULO 2  PDF  
CAPÍTULO 3  PDF  
CAPÍTULO 4  PDF  
CAPÍTULO 5  PDF  
CAPÍTULO 6  PDF  
CAPÍTULO 7  PDF  
CONCLUSÃO, REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, ANEXOS  PDF  
<< voltar