Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Notícias aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu
Consulta aos Conteúdos

 

Título: LIMA BARRETO E OS CAMINHOS DA LOUCURA. ALIENAÇÃO, ALCOOLISMO E RAÇA NA VIRADA DO SÉCULO XX
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ROBERTA CARDOSO CERQUEIRA
Colaborador(es): MARGARIDA DE SOUZA NEVES - Orientador
Catalogação: 22/09/2003 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Referência [pt]: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=3926@1
Referência [en]: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=3926@2
Resumo:
O trabalho tem como objetivo analisar a loucura na cidade do Rio de Janeiro no final do século XIX e início do século XX, bem como os temas que com ela se relacionam tais como raça, alcoolismo e hereditariedade, através da lente do escritor-paciente Afonso Henriques de Lima Barreto, privilegiando os escritos ficcionais e autobiográficos do autor. A pesquisa procurou inserir o registro do particular, isto é, de um indivíduo que sofreu na própria pele a discriminação e o tratamento destinado aos que eram considerados doentes mentais, de forma que o estudo possa ser visto e examinado dentro de uma perspectiva mais ampla. A dissertação foi dividida em três momentos: a tentativa de estabelecer uma analogia entre a experiência da loucura e aquela vivida por todos os habitantes do Rio de Janeiro nos primeiros anos do século XX, a análise das concepções médicas e científicas sobre a loucura e a presença do tema nos textos do autor e, por último, o convívio do romancista com a loucura no espaço doméstico e também no Hospício Nacional de Alienados.
Descrição Arquivo
FOLHA DE ROSTO  PDF
BANCA  PDF
FICHA CATALOGRÁFICA  PDF
DEDICATÓRIA  PDF
RESUMO  PDF
ABSTRACT  PDF
SUMÁRIO  PDF
EPÍGRAFE  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
<< voltar