Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Notícias aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu
Consulta aos Conteúdos

 

Título: GETÚLIO VARGAS VOLTA AO CATETE: A ESTRATÉGIA DE PROPAGANDA VARGUISTA NAS ELEIÇÕES DE 1950
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): DEBORA KFURI REGAL
Colaborador(es): LUIS REZNIK - Orientador
Catalogação: 26/10/2007 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Referência [pt]: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=10756@1
Referência [en]: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=10756@2
Resumo:
O objetivo deste trabalho é acompanhar as etapas da campanha de Getúlio Vargas às eleições presidenciais de 1950. Tendo chegado à presidência duas vezes através de golpes de Estado e uma vez por voto indireto, Vargas voltaria ao poder através do voto popular, graças a uma campanha inteligente e moderna. Em menos de dois meses, sua comitiva visitou todas as capitais do país, o Distrito Federal, e mais de 50 cidades, estabelecendo uma comunicação direta entre candidato e eleitores. Em cerca de 80 discursos, Vargas apresentou um projeto político nacional, entremeado por assuntos de interesse local, valorizando a participação de cada Estado no crescimento da Federação como um todo. O sucesso no pleito presidencial de 1950 foi em parte conseqüência de um cuidadoso trabalho de construção de sua imagem, realizado por Vargas desde seu primeiro mandato. Apesar de alguns autores concordarem que o marketing político surgiu no Brasil em 1954, na campanha de 1950 Vargas utilizou procedimentos sistemáticos de comunicação e propaganda eleitoral. Ações direcionadas a um público-alvo e uso inteligente dos meios de comunicação são técnicas da estratégia varguista e também do que hoje chamamos de marketing político.
Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
<< voltar